NOTÍCIAS DO TOCANTINS


07/01/2013 13h42 - Atualizado em 07/01/2013 13h42

Detetive de arte encontra obra de Matisse roubada há 25 anos na Suécia

ESTOCOLMO, 7 Jan (Reuters) - Um detetive de arte britânico recuperou uma pintura do artista francês Henri Matisse roubada há 25 anos de um museu de Estocolmo.

A obra "Le Jardin", avaliada em cerca de 6 milhões de coroas suecas (916.200 dólares), foi recuperada por Christopher Marinello, um especialista em recuperação de arte do Art Loss Register, em Londres.

"É fantástico que a pintura tenha aparecido de novo", disse Kristin Ek, porta-voz do Moderna Museet, em Estocolmo. "Ela foi roubada há tanto tempo que nós realmente tínhamos quase perdido a esperança".

A pintura foi roubada em maio de 1987 quando um ladrão invadiu o museu com uma marreta durante a noite.

O roubo foi relatado tanto para a Interpol quanto para a Art Loss Register (ALR), o maior banco de dados privados internacionais do mundo sobre artes roubadas, perdidas e saqueadas.



Detetive particular diz que cantora Whitney Houston foi assassinada

Um detetive particular garante que há indícios de que a cantora Whitney Houston foi assassinada e que o motivo foi um acerto de contas com traficantes por uma dívida milionária, informou o site PerezHilton.

O investigador Paul Huebl assegura que existe um grande número de provas que "apontam que Whitney foi vítima de poderosos narcotraficantes que enviaram matadores para cobrar uma grande dívida por entorpecentes".

"O corpo de Whitney mostra as clássicas contusões por defesa que poderiam ter ocorrido enquanto lutava por salvar sua vida", indicou Huebl, apesar de os relatórios oficiais após a morte da artista terem revelado que não houve resistência e que a causa da morte foi um afogamento acidental no qual influíram um problema cardíaco e o consumo de cocaína.

As conclusões do investigador se baseiam em pistas fornecidas por informantes do tráfico, uma análise do relatório do legista e vídeos do hotel de Beverly Hills no qual a cantora morreu.



Detetive cita sete pistas para identificar homens e mulheres que traem

Esqueça aqueles velhos clichês de novelas e filmes dos anos 80 em que a esposa desconfiada investiga os pertences do marido até achar uma malfadada mancha de batom no colarinho da camisa ou um comprovante de cartão de crédito com nome de motel. Hoje em dia, os batons têm melhor qualidade, os motéis se escondem sob a sutileza de uma razão social pouco sexy e os infiéis estão um pouco mais atentos para não deixar pistas tão evidentes da traição.

Mas mesmo assim, segundo a detetive particular Angela Bekeredjian, de São Paulo (SP), ainda é possível perceber sinais que indicam a infidelidade do outro. “Namorados, noivos ou cônjuges têm seus próprios costumes e particularidades que somente os dois podem entender. Quando um ou outro muda seu jeito de ser, é bom ficar alerta. A mudança pode ser sutil e, em muitos casos, não é para pior, mas para melhor”, conta.

Há quase 50 anos investigando homens e mulheres que traem, “Angela Detetive”, como é conhecida, cita uma mudança de comportamento que pode ser suspeita. “Um bom exemplo é o marido que passa a encher a esposa de presentinhos sem motivo especial”, afirma.

Foi o que aconteceu com a artista plástica curitibana Marina Vicente, de 35 anos. “Meu ex-marido, de repente, começou a me trazer bombons, flores, revistas importadas super caras e outros presentes sem motivo algum. Comecei a desconfiar, pois ele sempre foi pão-duro. Resolvi segui-lo e confirmei a suspeita: tinha outra na jogada”, revela.

A neuropsicóloga Gislaine Gil, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo (SP), diz que hoje em dia as mulheres traem tanto quanto os homens. “Isso acontece principalmente com as mais novas, pois a conquista do mercado de trabalho ampliou as oportunidades de trair. Para elas, há uma ‘vitrine’ tentadora de homens”, conta.





POLÍ­TICA  

Foto: Divulgação
O prefeito de Palmas, Raul Filho diz estar tranquilo com relação ao pedido de expulsão protocolado na executiva do partido. Raul informou ao Conexão Tocantins nesta segunda-feira, 22, através da Assessoria de Comunicação, que considera ser possível reverter a situação.
A reunião da executiva da legenda que vai deliberar sobre o assunto está marcada para a quinta-feira, 25. O presidente regional do partido, Donizeti Nogueira vai coordenar o encontro que decidirá se o processo contra Raul passará ou não pela comissão de ética tendo como base as acusações.

ESTADO  

O governo do Tocantins informou ao Conexão Tocantins  nesta segunda-feira, 22, que desistiu de tentar reverter o horário de verão que já está em vigor no Estado, conforme decreto da União publicado na semana passada. A secretaria de Comunicação frisou que em razão  de algumas manifestações, principalmente pelas redes sociais,  o governo tentou de várias maneiras pedir a retirada do Estado do horário. “Infelizmente não foi possível, foi um pouco tardio. O que tínhamos que fazer foi feito”, disse o secretário de Comunicação Arrhenius Naves. O Ministério de Minas e Energia negou o pedido do governo para retirar o Estado.
A inclusão do Tocantins, depois de ficar de fora por anos, foi um pedido do governador Siqueira Campos ainda  em junho deste ano ao Ministério de Minas e Energia. Após a notícia da inclusão do Estado no horário, muitas pessoas se manifestaram contra inclusive sob a alegação de que a redução de energia com a implantação do horário seria insignificante no Tocantins.
CAMPO  

Foto: Fabiola Dias
No Tocantins, o segundo ciclo da Campanha de vacinação contra febre aftosa se aproxima e continua no ritmo de comemoração celebrando 15 anos sem foco da doença. Entre os dias 1º e 30 de novembro, a expectativa é vacinar 4,5 milhões de bovídeos, bovinos e bubalinos, com idade abaixo de 24 meses declarados em maio. O Estado conta com aproximadamente 8 milhões de bovídeos.
Neste período, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) orienta os produtores rurais sobre os cuidados para a correta imunização dos animais, dentre elas, adquirirem vacinas em revendas autorizadas e conservá-las em temperatura correta (de 2 a 8°C) até o momento da aplicação; injetar a vacina na região da tábua do pescoço com agulhas e seringas em bom estado e limpas. Além disso, manejar os animais com o mínimo de estresse e nos horários mais frescos do dia.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário